É muito importante saber que a psoríase não é uma doença contagiosa. Uma pessoa não pode contratar de outra e também não pode transmiti-la. O que pode acontecer é que pode se espalhar para outras partes do corpo quando se desenvolve. Como evitar surtos de psoríase?

Esta doença de pele é um distúrbio auto-imune muito comum na população. Ocorre devido à produção excessiva e ao acúmulo de células na pele, que resulta no aparecimento de manchas vermelhas, secas e espessas em áreas como cotovelos, joelhos e couro cabeludo, entre outras.

Seus sintomas podem ser leves ou graves, dependendo do tipo de psoríase e das medidas tomadas para o seu tratamento. Assim, é fundamental saber o que pode desencadear os surtos e como melhorar o estilo de vida para tornar a condição mais suportável.

Por que ocorrem os surtos de psoríase?

Na sua forma mais comum, a psoríase tem placas espessadas e avermelhadas que causam coceira e desconforto.

A psoríase pode se manifestar de maneiras diferentes em cada pessoa, dependendo do tipo de psoríase e da resposta imune. . A forma mais comum é a psoríase em placas, com a presença de escamas ou manchas grossas e brilhantes que podem ser acompanhadas por secura, vermelhidão, comichão e, por vezes, dor.

De acordo com National Psoriasis Foundation casos leves se manifestam com manchas que cobrem até 3% do corpo. Em contraste, os casos mais graves da doença podem afetar até 10%. Embora suas causas exatas não estejam estabelecidas, dois fatores-chave foram identificados: a genética e o sistema imunológico.

Há também certos componentes ambientais e de estilo de vida que podem afetar a aparência ou o agravamento de surtos. Embora alguns sejam difíceis de evitar, outros podem ficar longe para reduzir o risco de complicações. Os mais comuns são:

  • Infecções em qualquer parte do corpo
  • Consumo de cigarros
  • Cortes ou queimaduras
  • Exposição constante ao estresse
  • Ar seco, seja do clima ou de estar em uma sala com o aquecimento
  • Comer muito álcool
  • Consumir certos medicamentos (como lítio ou medicamentos para pressão alta)
  • Ter deficiência de vitamina D
  • Sofrer a obesidade

Descobrir: Psoríase: causas, sintomas, diagnóstico e tratamento

Dicas para prevenir surtos de psoríase

Por razões óbvias, a melhor maneira de evitar surtos de psoríase em outras partes do corpo é melhorar o estilo de vida. Isto permite reduzir a exposição aos seus possíveis gatilhos e, portanto, complementa o tratamento médico.

1. Adote uma dieta saudável

 A mulher come uma salada
A dieta desempenha um papel essencial no controle da doença psoriásica.

Manter uma dieta saudável é um dos hábitos essenciais para evitar surtos de psoríase ou que piorar É essencial que as pessoas afetadas corrijam seus hábitos alimentares, evitando o consumo de álcool, fontes de glúten e todos os tipos de alimentos irritantes.

Em vez disso, é conveniente aumentar o consumo de alimentos . rica em ômega 3, vitamina D e antioxidantes; legumes, frutas e óleo de peixe são altamente benéficos. Entretanto, é melhor planejar a dieta com o médico, uma vez que as necessidades nutricionais podem variar em cada pessoa

. Evitar o uso de tabaco

O tabaco é tão prejudicial quanto o álcool para pacientes com psoríase. De fato, seu consumo é catalogado como uma das causas dos surtos da doença. Portanto, no caso de ter um mau hábito de fumar, é essencial ter acesso a estratégias para parar de fumar

. Proteja a pele

 O homem aplica creme na mão
O uso de cremes emolientes ajuda a aliviar o ressecamento e a coceira.

O cuidado com a pele desempenha um papel muito importante na prevenção de surtos de psoríase. Desde que a doença afeta diretamente a sua saúde, hábitos devem ser reforçados para protegê-lo de diferentes fatores ambientais.

Queimaduras solares, contaminação e cortes podem causar o agravamento dos sintomas. Portanto, você deve seguir uma série de dicas:

  • Certifique-se de usar protetor solar todos os dias. Use fórmulas suaves, com componentes que não geram alergias.
  • Hidrata a pele todos os dias, usando um creme para peles sensíveis. Além disso, consuma muita água durante o dia
  • Tenha cuidado com cortes ou arranhões. Dê-lhes um bom negócio
  • Se possível, instale um umidificador para manter o ar em sua casa ou escritório úmido. Isso minimiza o risco de secura.
  • Evite o uso de perfumes ou irritantes. Além disso, fique longe de chuveiros muito quentes

Leia também: Treatment of psoriasis

4. Gerenciando o estresse

É normal ter episódios de estresse quando os sintomas da psoríase pioram ou não mostram melhora. No entanto, é essencial dar a essas emoções um bom controle, já que tem um impacto negativo sobre a doença. Para reduzi-lo é recomendado:

  • Tenha um horário flexível no trabalho
  • Dedique tempo a atividades prazerosas
  • Gaste tempo com a família ou amigos
  • Mantenha o corpo saudável através de dieta e exercício
  • Adote uma rotina de meditação e exercícios respiratórios

5. Dormir bem

 Dormir mulher
Descanso inadequado está relacionado ao estresse e à maior presença de surtos de psoríase.

Ter uma boa qualidade de sono, em um período de 7 ou 8 horas diárias sem interrupções, pode contribuir para prevenir surtos de psoríase. Dormir bem fortalece as funções do sistema imunológico, diminui o estresse e ajuda a manter um peso saudável. Tudo isso tem um efeito positivo sobre o controle da psoríase.

No entanto, não deve ser ignorado que os sintomas podem causar distúrbios do sono. Portanto, estratégias simples devem ser adotadas, como vestir roupas apropriadas, garantir o conforto da sala e evitar o uso de elementos que distraem (computadores, telefones celulares ou similares).

Você está preocupado que a psoríase se espalhe para outras partes do corpo? ? Lembre-se das recomendações dadas. Além disso, ele solicita exames médicos regulares para avaliar o estado da doença e conhecer outras opções para seu tratamento.

Comentarios

comentarios