As leguminosas são a nossa principal fonte de proteínas de origem vegetal e, além disso, apresentam múltiplas propriedades graças ao seu elevado teor de fibras, minerais como potássio, ferro, magnésio e fósforo e vitaminas do grupo B.

No entanto, o consumo de legumes diminuiu nos últimos anos, e temos uma grande cultura culinária em torno deles: desde um bom ensopado de grão de bico, uma fabada tradicional ou um prato clássico de arroz com lentilhas.

Descubra novas maneiras para preparar legumes

Hoje podemos sentir a necessidade de reinventar os legumes. Felizmente, temos muitas variedades nacionais ao nosso alcance (é sempre importante saber a origem do que comemos), além de variedades estrangeiras, às vezes não tão conhecidas, como as lentilhas dhal, também chamadas lentilhas vermelhas sem pele, ou feijão mungo, conhecido como soja verde. Eles são novas fontes de proteína que podem complementar perfeitamente nossa dieta diária.

Artigo relacionado

 recipes-leguminosas-hambúrguer-vegetal

5 maneiras diferentes de comer leguminosas e obter sua proteína


Com preparações quentes ou frias, nas suas versões mais clássicas ou com um toque diferente, como os pratos que propomos neste artigo, pode saborear leguminosas durante todo o ano. Cozidos, salteados, saladas, cremes, patés e uma longa lista de elaborações criativas garantem-nos prazer e variedade.

Molhar e cozinhar legumes

O ideal é mergulhar em água mineral fria, mas por quantas horas devemos deixar os legumes de molho? Pode ser entre 4 e 12 horas, dependendo do tamanho da leguminosa.

Como regra geral, uma noite de imersão é recomendada (cerca de 8 horas). Mas também devemos saber que algumas lentilhas, como o pardin, não precisam de molho. O melhor é levar em consideração as instruções da embalagem.

E para cozinhar? Se quisermos cozinhar os legumes sozinhos, com água e uma pitada de sal, o tempo voltará a depender do tipo de leguminosa: as lentilhas ou o feijão podem ficar prontos em cerca de 45 minutos, e um pouco de grão-de-bico, em uma hora, aproximadamente.

Você pode usar uma panela de pressão para reduzir esses tempos de cozimento em um terço, mas também perderá as texturas e poderá até romper as cascas das leguminosas, portanto, não é altamente recomendado o uso regular.

Artigo relacionado

 Massa à bolonhesa com lentilhas

8 maneiras de preparar legumes que o irão surpreender


Como fazer legumes adequados

Um bom truque é adicionar sal nos últimos minutos de cozimento, para obtermos peles mais finas e macias.

Se precisar adicione mais água enquanto estiver cozinhando, certifique-se de que esteja quente. Exceto quando são feijão ou soja verde, caso em que é melhor colocá-los frio.

Podemos cozinhar uma grande quantidade de legumes e guardá-los por dias na geladeira. Para que sejam mantidos em perfeitas condições, o ideal é cortar o cozimento com água fria alguns minutos antes do final e armazenar os vegetais em potes ou recipientes de vidro com tampa. Assim, estaremos quase prontos para preparar as diferentes receitas ao longo da semana.

5 receitas originais e saborosas com leguminosas

Comentarios

comentarios