Publicado em 20/09/2018 16:54:24 CET

MADRID, 20 de setembro (EUROPA PRESS) –

85,5 por cento dos idosos ainda se lembram do nome do seu melhor amigo de infância, segundo o estudo 'As memórias dos idosos' realizado pela Orpea em 44 dos seus centros, por ocasião do Dia Mundial do Alzheimer, que é comemorado nesta sexta-feira.

Segundo os resultados do estudo, a família é "o pilar fundamental" das memórias dos idosos, já que 75,2 por cento dos entrevistados mencionaram como primeira lembrança a relação com seus pais e anedotas engraçadas com seus irmãos.

Brinquedos também fazem parte de memórias "mais agradável", 83,5 por cento dos mais velhos lembram o primeiro brinquedo que tiveram, e os bonecos e bonecas são os mais referidos (66,5%), sejam eles de tecido, crochê, papelão, plástico, até mesmo pedra Também a bola e os topos marcam esta geração. Alguns lembram de uma bicicleta ou um carro de brinquedo. Algumas das respostas incluem alguns como um diabolo, uma bússola para a escola ou pequenos bastidores.

No entanto, quando perguntado "Se você tivesse que manter uma única memória de sua vida, qual você escolheria?" A maioria responde no dia de seu casamento (20%), seguido do nascimento de seus filhos (16,2%), mas brincar com irmãos e amigos na rua ou uma viagem com a família ou amigos também estão entre as lembranças favoritas do casamento. os idosos

De fato, 77,7 por cento dos entrevistados recordam sua primeira viagem de férias. Tal como acontece actualmente, as áreas costeiras foram a eleição das cidades maioritárias com mar como Torrevieja, Barcelona, ​​Tenerife, Santander ou Galiza são alguns lugares que os entrevistados nomeiam, embora existam também pessoas mais velhas que remetem a serra ou a cidade dos seus avós.

57,9% dos idosos que participaram do estudo da Orpea lembram-se da primeira vez que viram uma televisão. Algumas das respostas mais gerais são o NODE, as touradas, os romances, os desenhos, mas também há alguns muito específicos, como Rocío Dúrcal, Jesús Hermida, o assassinato de Kennedy ou o anúncio da Colação. O que muitos deles apontaram é onde viram: na casa de um parente, no bar em frente à casa ou no cassino, respostas que refletem que o acesso à televisão ocorreu gradualmente até se tornar um aparelho essencial. em cada casa

Outro aspecto que tem sido tratado neste estudo está relacionado à alimentação. "Comer é um dos prazeres da vida e, se esse momento puder ser vivido ao lado da família, você ainda pode se divertir mais", disseram eles do hospital. Assim, 87 por cento dos entrevistados se lembram de sua refeição favorita na infância.

Cozido (17,6%) e arroz ou paella (17,5%) são os preferidos. Também as migas e os ovos fritos, todos eles pratos muito típicos da gastronomia popular. A maioria opta pelo salgado, mas também são muito doces. Entre as sobremesas mais referidas estão o arroz com leite e chocolate (5,6%).

Comentarios

comentarios