A escola de Nossa Senhora da Memória de Madri pertencente à ordem religiosa jesuíta e localizada no centro da capital, enviou uma declaração às famílias tranquilizando o alarme gerado quando vários alunos estiveram ausentes das aulas nesta quinta-feira. O comunicado começa informando sobre a confirmação, "como esperado", de que [em "em algumas famílias do ambiente colegiado" houve contágio por coronavírus.

da escola Nossa Senhora da Memória de Madri, emitida para famílias em casos de coronavírus "no ambiente familiar".

O diretor do centro nega que tenha havido casos de contágio entre os próprios estudantes ", com prudência e seguindo as instruções médicas ”, os alunos que estão nas proximidades desses contágios“ pararam de vir para a escola ”. Esta ausência é enquadrada sob prudência e numa base "temporária".

A escola mantém, a todo o momento, um tom tranquilizador no comunicado que enviou as famílias: « T e o Ministério da Saúde e Educação nos convidam a não ficar alarmados. Como nos disseram, estamos em contato com as administrações educacionais e de saúde ».

Nossa Escola de Recordação, no entanto, tomou medidas para tranquilizar os pais que têm seus filhos na escola no centro. Estas são as recomendações feitas pelo Ministério da Saúde incluídas na higiene que se tornam a melhor medida contra a transmissão do coronavírus. « Estamos colocando todos os meios para promover a higiene : sabão em ba ñ ó e cantinas e, em breve, géis desinfetantes», diz o diretor da escola na liberação

Também sustenta que o centro de ensino continuará normalmente todas as suas atividades escolares e extracurriculares . Mesmo assim, recomenda que as famílias insistam na "importância da higiene" para seus filhos, para evitar casos de contágio e gerar uma situação de alarme desnecessária. « A vida escolar deve continuar normalmente. No momento, não há nada que indique o contrário ”termina a declaração prometendo que, no caso de qualquer atualização, informará devidamente os pais.

Comentarios

comentarios