Nós vão ensinar as principais propriedades da alga dulse e como introduzi-la na dieta normal de uma forma simples para aproveitá-la ao máximo.

 Alga Dulse: características, usos e preparação

Última atualização: 21 de novembro de 2021

As algas estão cada vez mais presentes nas dietas ocidentais. Possuem grande quantidade de nutrientes e compostos antioxidantes, por isso seu consumo é recomendado quando se busca uma boa saúde. Especificamente, vamos falar com você sobre algas gordas.

A primeira coisa a mencionar sobre este alimento é sua cor vermelha intensa. É consumido na região islandesa há centenas de anos, desde que neste país o produto é incluído em muitas preparações tradicionais.

Propriedades nutricionais

A alga Dulse se destaca por sua concentração de ferro. Esse mineral tem se mostrado decisivo para evitar situações de anemia. Essa patologia causa cansaço crônico e fadiga, pois o fornecimento de oxigênio aos tecidos está em risco.

Da mesma forma, as algas marinhas grossas são uma fonte de iodo. Este elemento é importante para a glândula tireóide, pois participa da conversão dos hormônios tireoidianos. Uma contribuição inadequada poria em risco o bom funcionamento desse órgão, aumentando o risco de hipotireoidismo. O ferro também é importante para esta glândula, de acordo com um estudo publicado em Biological Trace Element Research.

Do ponto de vista das vitaminas, os alimentos são capazes de fornecer vitaminas A, B1, B2 , B3, B5, B9, B12, C, D e E pelo que se pode dizer que se trata de um produto muito completo em termos de micronutrientes. Obviamente, a vitamina B12 das algas marinhas compete com a de origem animal, então seu consumo junto com suplementos no contexto de dietas veganas pode ser contraproducente.

A vitamina B12 das algas marinhas é competitiva com outras fontes do mesmo nutriente (suplementos e produtos de origem animal), então seu consumo deve ser avaliado como um todo.


Usos de algas dulse

A alga Dulse está facilmente disponível em sua versão desidratada. O estado de conservação é excelente. É necessário apenas mergulhá-lo em água por 5 minutos e depois adicioná-lo a preparações múltiplas. O mais comum é usá-lo para preparar caldos, ensopados, ensopados e saladas.

No entanto, também pode ser preparado como guarnição de carnes e peixes. Existem até curativos que o incluem entre seus ingredientes. Existem também regiões onde se adiciona alimento a pratos de arroz ou purês, melhorando sua densidade nutricional.

Afinal, estamos falando de um comestível que possui uma quantidade dentro de significante de fitoquímicos . Esses compostos são caracterizados por sua atividade antioxidante. Eles são capazes de neutralizar a formação de radicais livres e seu subsequente acúmulo nos tecidos.



Contra-indicações

Apesar de serem considerados saudáveis, é verdade que há uma série de cuidados a serem levados em consideração ao consumir algas dulse. Por exemplo, no caso de sofrer de um problema com a glândula tireóide, recomenda-se consultar um especialista antes de incluí-la na dieta.

Às vezes, pode ser benéfico e necessário, mas em outros casos irá gerar desequilíbrios o funcionamento da glândula tireóide, glândula que não terá um impacto positivo no estado de saúde. É aconselhável otimizar o suprimento de micronutrientes quando houver alterações na função da tireoide.

Por outro lado, será essencial garantir que as algas dulse provêm de uma cultura orgânica. Às vezes, esses alimentos podem concentrar grandes quantidades de metais pesados, o que pode causar problemas de saúde ao longo do tempo.

Brócolis com molho de caju frito e algas marinhas

Por fim, apresentaremos uma receita com algas marinhas, para que você possa comece a incorporar a comida em sua dieta regular. Os ingredientes de que você precisa são os seguintes:

  • 60 mililitros de água.
  • 80 gramas de castanha de caju.
  • 1 colher de sopa de alga doce.
  • 2 fatias de alho.
  • Azeite virgem extra. [19659027] Sal e pimenta.

Comece cortando os brócolis em pequenos pedaços, cozinhando-os no vapor por cerca de 5 minutos . Paralelamente, deve-se fritar o alho em uma panela em fogo baixo.

Depois de dourar, retire e coloque os cajus na panela. Quando dourados, são introduzidos junto com o alho no copo do liquidificador com 60 mililitros de água para bater tudo bem.

Resta colocar os brócolis em uma tigela, acrescentando o molho por cima e terminando com a alga Dulse fatiada em fatias finas e polvilhada. Deve ser bem misturado, temperado a gosto, e o prato estará pronto para ser apreciado.

Algas Dulse podem ser combinadas com vegetais. Picado e polvilhado por cima, fornece seus nutrientes.

Incorpora algas dulse na dieta

As algas Dulse se destacam por sua concentração em micronutrientes e fitoquímicos . É positivo para a saúde quando incluído no contexto de uma dieta variada e equilibrada.

Por fim, lembre-se de que é necessário combinar uma boa alimentação com outros hábitos de vida saudáveis. Dentre eles, destaca-se a exposição ao sol. É o método mais eficiente para garantir que os níveis de vitamina D no corpo sejam adequados.

Você pode estar interessado …

Comentarios

comentarios