Embora não seja o único fator a ter em conta, um colchão de qualidade pode afetar um melhor descanso. Continue lendo e contaremos quais são suas características.

Benefícios de ter um colchão de qualidade

Última atualização: 22 de maio de 2022

Sem dúvida, ter um colchão de qualidade pode fazer a diferença entre o que é um bom descanso ou passar uma noite desconfortável, tentando adormecer. Claro, a forma como dormimos, em termos de posição ou horário, é subjetiva; bem como os vários fatores que afetam o descanso.

Por esse motivo, as considerações que devemos fazer na hora de escolher um colchão são diferentes. Especificamente, você deve levar em conta suas próprias necessidades para alcançar o conforto desejado. Então, agora vamos falar sobre algumas das características desse elemento e os benefícios de optar por um de boa qualidade.

Como é um colchão de qualidade?

Um colchão de qualidade é definido a partir de um fato fundamental; ajuda a ter um bom descanso. Embora, é claro, isso seja difícil de saber com antecedência, quando o compramos. Somente depois de usá-lo por várias noites saberemos.

Por outro lado, como mencionado no início, isso também pode ser muito subjetivo, pois varia de acordo com as necessidades da pessoa, suas características e suas condições. Vejamos alguns fatores que devem ser considerados na escolha.

Existem vários tipos de colchões. Para escolher o mais adequado, as necessidades individuais devem ser levadas em consideração.

tipo de colchão

Basicamente, atualmente é possível escolher entre três tipos de colchões:

  • de molas: seu núcleo é formado por uma estrutura de molas, geralmente de aço, que são tensionadas pelo peso.
  • espuma: São preenchidos com diferentes tipos de espuma, desde poliuretano viscoelástico até látex, natural ou sintético.
  • Híbridos: Eles combinam as duas características citadas acima, ou seja, possuem molas e também acolchoamento.

É apropriado limitar, neste ponto, que certos materiais podem não ser recomendados para algumas pessoas. Por exemplo, Os alérgicos ao látex devem ter cuidado ao escolher um colchão de espuma ou híbrido contendo este material.

Firmeza

Embora haja a crença de que um colchão macio é agradável, isso nem sempre favorece o descanso em todas as pessoas. Claro, a ideia também não é dormir sobre uma pedra.

Como vimos anteriormente, existem diferentes tipos de colchões e cada um pode ter um grau variável de firmeza. Por exemplo, os de mola costumam ser mais firmes, mas os de espuma ajudam a dispersar melhor a pressão que o corpo exerce.

Isso se traduz em várias vantagens. Por exemplo, um colchão firme pode ser melhor para alguns, especialmente aqueles que são mais pesados. Alguns estudos sugerem que a espuma de látex previne sensações de afundamento muito mais do que a espuma de memória.

No entanto, outras pesquisas indicam que O ideal é dormir em um colchão de firmeza média. ou ajustável de acordo com o ponto do corpo, já que temos mais peso na região do meio, em comparação com a cabeça ou os pés.

Ergonomia

A posição de dormir é diferente para cada pessoa. E embora possamos variar um pouco e mudar de lado durante a noite, geralmente permanece mais ou menos constante.

Agora, de qualquer maneira que você durma, um colchão de qualidade deve apoiar – em termos mais gerais – a coluna para manter sua curva saudável.



Tamanho

Embora isso dependa do espaço que temos no quarto e na cama, e até do orçamento, um colchão de qualidade também é sinônimo de amploespecialmente se dormirmos juntos.

E é inevitável que façamos alguns movimentos à noite. Mas se não tivermos espaço, incomodaremos quem estiver ao nosso lado.

Temperatura

Em um colchão de qualidade, o ideal é manter a temperatura para poder atingir a fase profunda do sono e assim desfrutar de um bom descanso.

se este fica muito quente, pode ser desconfortável, especialmente para quem tem suores noturnos. Ele até interrompe o descanso ou adormecer.

Geralmente isso acontece com alguns materiais sintéticos. No entanto, atualmente existem tratamentos com viscogel ou viscografeno para capas de colchão, que ajudam a dissipar o calor que emana do corpo.

Durabilidade

Um colchão de qualidade deve permanecer em boas condições enquanto o usarmos. Porém, considera-se conveniente trocá-lo a cada 7 anos, dependendo do estado em que você está.

proteção contra ácaros

Segundo pesquisas, os ácaros podem se desenvolver na superfície de colchões e roupas de cama, principalmente quando há umidade, devido à transpiração da pessoa ou por outros motivos (urina, líquidos derramados).

Para evitar estes problemas e as suas consequências em termos de alergias, existem colchões que possuem vários sistemas antiácaros. Por exemplo, o seguinte:

  • Tecidos que facilitam a transpiração: evaporam a humidade mais rapidamente.
  • Tecidos hipoalergênicos: que reduzem a possibilidade de reprodução dos ácaros.
  • Barreiras de proteção: que impedem o contato potencial da pele com a área do colchão onde os ácaros podem estar presentes.


Benefícios de ter um colchão de qualidade

Ao falar dos benefícios de ter um colchão de qualidade, devemos pensar também no que acontece quando não o temos. Vamos ver.

Menos movimentos

Quando dormimos no lugar certo, não só paramos de nos revirar tentando ficar confortáveis, mas também, quando nos mudamos, não vamos incomodar quem dorme ao nosso lado. O colchão absorverá o impacto do movimento e garantirá a continuidade do descanso.

Alinhamento da coluna

Conforme mencionado, ao deitar o peso deve ser sustentado de forma distribuída, com a qual a coluna permanecerá em posição neutra, sem tensão. Mas, se o colchão estiver danificado, pode afundar mais onde estão os ombros ou os quadris.

Prevenir ou reduzir a dor

Dor nas costas, cabeça, pescoço ou articulações pode estar relacionada a dormir em um colchão ruim. Mas se tivermos um adequado, podemos não apenas evitar esse problema, mas até reduzi-lo, conforme apontado em um estudo.

redução de alergia

Também foi mencionado que os ácaros tendem a se reproduzir em colchões velhos ou úmidos. No entanto, aqueles com tratamento hipoalergênico reduzir as chances de reações respiratórias ou cutâneas.

melhor descansar

Claro, todos esses benefícios afetam diretamente a possibilidade de um descanso melhor, que por sua vez tem repercussões em outros aspectos da saúde, tanto física quanto mental.

Nesse sentido, são várias as coisas que acontecem no corpo quando dormimos bem, dentre elas temos as seguintes:

  • Os músculos relaxam.
  • Descanse os olhos.
  • O sistema imunológico é fortalecido.
  • Reduz a pressão arterial e melhora a função cardíaca.
  • Melhora o humor.
  • Os níveis de estresse são reduzidos.
  • Melhora o funcionamento cognitivo.

E por mais curioso que pareça, nas investigações indica-se que também sono reduzido ou prejudicado pode ser um fator associado à obesidade.

Com um colchão confortável e ergonômico é possível promover o descanso.

Dormir, descansar e outra coisa

Todas as noites dormimos, mas nem sempre ou nem todos descansamos. Idealmente, ambos aconteceriam. Embora existam muitos fatores que podem ameaçar o sono.

Portanto, devemos fazer todo o possível para criar as condições certas que garantem o descansodesde alimentação e atividades antes de dormir, até ter um colchão de qualidade.

Agora, como há uma grande variedade no mercado, a escolha pode ser difícil. Devemos ter em conta diversas variáveis, ajustando-se tanto às necessidades do corpo, em termos de firmeza, como de espaço e disponibilidade orçamental.

E embora seja um dos grandes prazeres, dormir não é algo que fazemos apenas por diversão. Se não descansarmos bem, nossas atividades diárias, bem como nossa saúde física e mental, podem ser afetadas.

Portanto, este é um investimento que vale a pena. Afinal, o colchão vai ser usado todas as noites por alguns anos. E nem sempre será apenas para dormir.

Você pode estar interessado…

Comentarios

comentarios