Se você deseja melhorar sua saúde, pode ser importante consumir café ou chá regularmente. Mostramos-lhe as vantagens de o fazer depois de comer.

Chá ou café depois de comer: quão bom é?

Última atualização: 20 de junho de 2022

Beber chá ou café depois de comer pode ser muito bom para sua saúde. E estamos falando de duas bebidas que contêm uma grande quantidade de fitoquímicos com capacidade antioxidante. Esses compostos ajudam a neutralizar a formação de radicais livres. Por isso, não devem faltar nas orientações de alimentação.

Antes de começar, deve-se notar que o consumo de café tem gerado muita discussão na comunidade científica há anos. No início, foi considerado prejudicial. Especulou-se que poderia aumentar os níveis de pressão arterial e também poderia causar danos ao sistema nervoso central. Esta teoria está atualmente descartada.

Os antioxidantes do café e do chá

Café e chá são duas bebidas que concentram fitoquímicos de qualidade em seu interior. Esses elementos atuam como antioxidantes, por isso protegem contra a formação de radicais livres. Esse mecanismo está associado a uma menor incidência de patologias crônicas e complexas, conforme evidenciado por pesquisa publicada na revista Revista Europeia de Química Medicinal.

Além disso, o controle da oxidação garantirá que os processos de envelhecimento ocorram mais lentamente. É o que afirma um estudo publicado em BioMed Research International.

Há até especulações sobre a possibilidade de suplementação com esses produtos, com o objetivo de prevenir as alterações fisiológicas que são vivenciadas ao longo dos anos. Muitos deles condicionam a eficiência do organismo na execução de suas funções vitais.

Como se isso não bastasse, tanto o café quanto o chá podem facilitar a digestão após uma refeição pesada, o que reduziria o número de desconfortos digestivos. Você só precisa ter cuidado caso o momento do sono se aproxime; a menos que seja escolhida uma variedade sem cafeína.

Além disso, café e chá são capazes de estimular a mobilização e oxidação de gorduras. Eles ajudam a perder peso. Isso ocorre por dois mecanismos:

  1. Por um lado, graças à cafeína, que varia o uso de substratos energéticos.
  2. Por outro lado, há o efeito dos próprios antioxidantes, que aumentam a sensibilidade à insulina e melhoram o controle dos níveis de açúcar no sangue.
Nem todos os cafés são iguais. A versão descafeinada pode ser útil para aqueles com distúrbios do sono.


Risco de mortalidade

É importante ressaltar que há evidências de que o consumo de café e chá está inversamente relacionado ao risco de morte por qualquer causa. Isso seria causado pelos antioxidantes que fornecemuma vez que foi demonstrado que o efeito é independente do consumo da bebida com ou sem cafeína.

Em termos simples, podemos dizer que o café e o chá reduzem a mortalidade.

É fundamental comentar que o ponto de vista dos especialistas mudou muito nos últimos tempos. A cafeína é um alcalóide que atua como um estimulante dentro do corpo. Melhora a concentração e também o desempenho esportivo. No entanto, provoca um ligeiro aumento da pressão arterial, mas o faz de forma pontual e transitória.

Por muitos anos foi proposto que a ingestão regular da substância seria prejudicial à saúde, embora hoje a questão tenha mudado. Não há nenhuma evidência para mostrar que isso é assim. De fato, consumir café ou chá com cafeína está associado a uma melhor pressão arterial a médio prazo.

Em alguns casos, a presença de cafeína na dieta pode ser desencorajada. Um exemplo seria o de pessoas que sofrem de enxaquecas. Deve-se notar também que este elemento dificulta o sono, o que pode afetar a capacidade de descansar.

Ao mesmo tempo, estamos falando de um alcalóide que tem um limite tóxico. A partir de 400 mg consumidos em um único dia torna-se prejudicial para a saúde.

O controle da dose é importante.

O costume de preparar uma infusão após o jantar é clássico em algumas culturas.


Beber café e chá depois de comer é bom para a saúde

Incluir café e chá na dieta é positivo para o organismo. Consumi-lo depois de comer pode ser bom para a digestão, conseguindo fornecer elementos antioxidantes que manterão um estado de equilíbrio no ambiente interno.

Será importante, sim, que a dieta seja bem planejada para maximizar o efeito. Alimentos de origem vegetal devem aparecer com frequência nele.

Por fim, ressaltamos que não basta cuidar da alimentação para manter um bom estado de saúde. Outros hábitos devem ser promovidos, como a prática regular de exercícios físicos.

Você pode estar interessado…

Comentarios

comentarios