Até que você aprenda a ficar sozinho e se divertir, não é possível viver ou estar com outras pessoas . Em nossas vidas, todos nós já tivemos momentos de solidão em maior ou menor grau. Como reagimos a isso e a atitude que temos é o que nos fará aceitar isso melhor ou pior do que as outras pessoas. A solidão não precisa ser triste, improdutiva e ruim; na verdade, é exatamente o oposto. Mudar o nosso conceito de solidão é o que nos ajudará a apreciá-lo.

Começar por analisar o conceito básico de solidão

Para aprender a viver na solidão, primeiro é modificar o conceito que temos dela. Não é desagradável nem triste, saber como fazer é extremamente benéfico para nós. É um estado em que podemos encontrar nossa paz interior.

Quando entendemos que devemos perder o medo dele e compreender que não é uma fraqueza, mas uma força, podemos usá-lo a nosso favor . A solidão nos ajuda a ser mais felizes com nós mesmos. Nosso bem-estar não depende mais de outra pessoa, apenas de nós: podemos estar em um relacionamento ou não, mas isso não nos fará sentir sozinhos.

A solidão não é o isolamento

Viver na solidão não significa viver isolado de tudo. As pessoas que moram nela têm família e amigos, mas não estão vinculadas a ninguém e preferem ser livres. Desse modo, eles percebem que o primeiro passo para se sentirem à vontade com outras pessoas é desfrutar de sua própria companhia.

É muito importante avaliar os apegos para aprender a viver sozinho . Apego a pessoas ou objetos, quando identificamos quais podemos trabalhar nisso. Se percebermos que acreditamos que não podemos viver sem algo ou sem alguém quando nos sentimos sós, voltaremos a essa empresa. Embora não nos convenha.

Auto-estima pessoal

Aumentar a nossa auto-estima é essencial. Se estivermos errados conosco mesmos, não queremos estar em nossa própria companhia. Conhecer nossas forças, medos e necessidades é importante para aprender a aceitar os momentos que vivemos. Pessoas confiantes e autoconfiantes são as que mais gostam e aproveitam a solidão.

Aprender a ser independente e a desfrutar da nossa companhia é outra forma de saber como viver na solidão. O tempo dedicado nos ajuda a nos conhecermos melhor. Tentar sair sozinho para fazer as atividades que gostamos de ver um filme é uma boa maneira de começar.

É necessário saber como lidar com a solidão e como ela nos afeta depende de nós mesmos. Podemos afundar na tristeza ou usá-la a nosso favor. Aprender como se libertar dos apegos de dependência é extremamente importante. A ideia fundamental é aproveitar estes momentos de solidão para nos dedicarmos, para fazermos tudo o que gostaríamos de fazer.

Aprender a viver só é um grande desafio para qualquer pessoa. Agora que já sabe como o fazer, pode tirar partido das vantagens que nos oferece. A solidão não é algo negativo, deve ser entendida e usá-la em nosso proveito é uma boa maneira de trabalhar sobre nós mesmos.

Comentarios

comentarios