Cultivar la Vontade implica reconhecer nossos limites para desafiá-los racionalmente. Neste espaço, revisamos algumas maneiras de se manter animado.

 Como cultivar a força de vontade?

Última atualização: 07 de janeiro de 2022

Cultivar a força de vontade pode melhorar a produtividade e muitas áreas da vida a médio e longo prazo. Em particular, isso é entendido como constância em direção aos nossos objetivos. No entanto, nem sempre é fácil mantê-lo.

Quando não consideramos a importância de ser persistentes e dispostos, desistimos de nossos projetos. O problema é que conquistas valiosas muitas vezes não são alcançadas imediatamente. Então, como manter essa motivação?

O que acontece quando não há força de vontade?

As pessoas que não sabem cultivar a força de vontade tendem a estagnar . Não importa qual seja o projeto; se não houver motivação prolongada, o fracasso é certo. Dessa forma, é difícil alcançar a realização pessoal.

Há quem atribua seus fracassos ao destino ou à má sorte; no entanto, nada disso tem a ver com atingir metas. As pessoas que não assumem a responsabilidade por seus erros são as mesmas pessoas que não têm vontade de fazer as coisas .

Se não houver força de vontade suficiente, os projetos emperram ou falham.

Como fazer lidar com a falta de motivação?

Os melhores estilos de enfrentamento são os produtivos. Em outras palavras, ações que levam a um resultado esperado . Por exemplo, quando não temos vontade de estudar, mas sabemos que devemos, o melhor é mobilizar conforme a necessidade. . O aluno que está exausto de estudar da maneira tradicional deve conceber um novo sistema. Repetir mecanicamente o mesmo método de estudo é contraproducente.

Como aumentar a força de vontade?

Para melhorar a motivação intrínseca é necessário fazer introspecção. Ou seja, analisamos nossa própria experiência e reconhecemos onde estamos falhando. Vejamos uma lista com algumas dicas úteis para cultivar a força de vontade.

1. Defina os objetivos

Ter objetivos claros é importante. Ao estabelecer metas, é necessário fazer algum planejamento. Quanto mais específico for o nosso plano de ação, melhores resultados teremos .

2. Ter metas alcançáveis ​​

Ser realista é um fator que favorece a realização de conquistas. O ideal é diferenciar o que podemos fazer do que não está ao nosso alcance. Para alcançar a realização pessoal devemos conhecer nossos limites

Isso não significa que somos conformistas. O oposto; ser realista implica ter a convicção de melhorar e desafiar limitações . Crescer pessoalmente é um processo que leva tempo e requer tolerância.



3. Estabelecendo metas de curto prazo

Dividir projetos em metas de curto prazo ajuda a cultivar a força de vontade. É lógico pensar que quando completamos uma tarefa com sucesso, nossa motivação é restaurada . A ideia é que possamos aproveitar o caminho para o nosso objetivo com pequenas conquistas.

4. Registrando o progresso

Manter o controle do progresso é satisfatório. Quando revisamos o que alcançamos, um sentimento de entusiasmo nos invade . Além disso, registrar o progresso permite que você aprenda com os erros e melhore para o futuro.

5. Recompensar o esforço

Investir tempo em um projeto é algo que nem todos sabem valorizar. Algumas pessoas reclamam que precisam estudar ou trabalhar, quando na verdade deveriam ser recompensadas. Por exemplo, comer nosso doce favorito depois de uma prova complicada.

6. Aprendendo com o erro

Os erros são uma característica natural de qualquer projeto. Na verdade, estar errado pode valer a pena. É na prática que podemos identificar o que precisa ser corrigido. Assim, ao invés de sentir que falhamos, devemos nos motivar a corrigir o erro através da experiência.

Benefícios de adquirir força de vontade

Para alcançar nossa melhor versão é preciso desafiar nossos limites. No entanto, devemos tomar cuidado com a insatisfação crônica. O principal benefício que alcançamos com a força de vontade é a demanda racional.

É preciso conhecer nossos limites para não esgotar a motivação. Pessoas com força de vontade sabem quando dizer não . Além disso, às vezes será necessário fazer sacrifícios para alcançar seus objetivos.

A força de vontade é o que nos leva a conhecer nossos limites. Assim, é a chave para o nosso sucesso.

Quando procurar ajuda profissional?

Se nada parece funcionar para manter a força de vontade, é melhor procurar ajuda profissional. Os psicólogos são treinados para identificar as possíveis causas e, a partir delas, orientar o tratamento.

Durante as sessões, o profissional questiona o paciente sobre suas motivações. A ideia é descobrir o que está impedindo você de manter o impulso. Por isso, utiliza terapias como a cognitivo comportamental.



Insistir em tudo não é o melhor

Em última análise, devemos ter claro que nem sempre é bom persistir em algumas coisas. Por exemplo, quando insistimos em relacionamentos que sabemos que são tóxicos. A motivação sustentada deve ser bem canalizada ou, caso contrário, nos prejudica

Você pode estar interessado em…

Comentarios

comentarios