O exercício físico é um hábito essencial para desfrutar de uma vida saudável. Mas que tipo de exercício é mais recomendado? Pode-se dizer que quem atua de forma consciente, ou seja, responde às nossas necessidades e preferências, e coloca a mente em contato com o corpo.

A atividade física na natureza é ideal, mas se estivermos na cidade e queremos praticar em casa, também é possível. Onde quer que seja feito, o objetivo do exercício é produzir um benefício abrangente, que favoreça a saúde e o bem-estar físico e emocional, sem efeitos colaterais negativos.

Exercício compulsivo, competitivo ou determinado para fins estéticos geralmente não satisfaz esses objetivos saudáveis ​​e pode até favorecer o desenvolvimento de lesões ou desequilíbrios musculoesqueléticos.

Artigo relacionado

 Garota se exercitando em casa

¿Não faz ginástica? Uma rotina completa de exercícios em casa


Programa de exercícios completo em casa

Um programa de exercícios completo pode incluir:

  • Disciplinas que favorecem especialmente a conexão mente-corpo, como ioga e tai chi.
  • Atividades aeróbicas, como corrida, natação, ciclismo e caminhada rápida.
  • Exercícios de força versus resistência ( anaeróbicos), como aqueles realizados com pesos, elásticos, máquinas ou usando o próprio peso corporal.

possível satisfazer as necessidades de exercício físico sem recurso a materiais específicos. Claro que em uma academia encontraremos pesos, máquinas, esteiras e outros aparelhos, mas em casa temos o suficiente. Tudo o que realmente precisamos é de uma esteira ou esteira.

Yoga

A ioga combina as posturas corporais com exercícios respiratórios e uma atitude meditativa. As posturas alongam os músculos, aumentam a amplitude de movimento das articulações e tonificam os músculos. Ao mesmo tempo, eles produzem um estímulo nos órgãos internos.

Você pode praticar diariamente, entre 10 e 30 minutos. Uma prática altamente recomendada para começar é "saudar o sol", uma rotina completa que você aprenderá em pouco tempo em livros ou vídeos.

Você também pode seguir as instruções dos artigos publicados na seção Yoga deste site. Na Escola Cuerpomente você também encontrará um minicurso que poderá fazer em seu próprio ritmo em casa.

Atividades aeróbicas

Correr no campo ou em um parque não requer muitas explicações, mas pode ser muito interessante que você pratica momentos alternados de máxima e baixa intensidade. Os exercícios de intervalo comprovaram seus benefícios à saúde. Por exemplo, se você correr, pode realizar esta rotina:

  • Aqueça por 6 minutos em um ritmo que permita conversar sem dificuldade.
  • Aumente o ritmo e mantenha-o por 3 minutos.
  • Execute 20 segundos de sprint.
  • Descanse caminhando por 1 minuto.
  • Repita o sprint por 20 segundos
  • Descanse por 1 minuto de caminhada.
  • Termine com alguns minutos de corrida.

Se quiser faça em casa, você pode fazer c pairando sobre o local, pulando corda ou com uma bicicleta ergométrica.

Exercícios de força

Se o exercício aeróbio exige um esforço dos sistemas respiratório e cardiovascular, os exercícios de resistência são benéficos porque o trabalho muscular tem efeitos metabólicos importantes.

Um estudo realizado com 40.000 participantes concluiu que as pessoas com maior força muscular tem uma expectativa de vida maior do que a média.

Esses exercícios são baseados em repetições trabalhando grupos musculares específicos. Os iniciantes podem começar com 6 repetições com um pequeno intervalo entre as séries. Em seguida, o número de repetições é aumentado (até 20 ou mais).

A regra é que o desenvolvimento muscular é alcançado com mais peso e menos repetições e resistência com menos peso e mais repetições.

Quantas repetições? Pode eles são feitos? Se fizermos três sessões por semana de exercícios de força, podemos fazer 3 a 5 repetições por grupo de músculos em cada sessão.

Com relação ao descanso entre as séries e séries, deve ser no mínimo de dois minutos e tempo suficiente para sentir que a próxima série está prestes a ser concluída

Flexões são um exemplo típico de exercício de força. Faça o máximo que puder em uma primeira série. A seguir, faça 75%. Ou seja, se você consegue fazer 4 flexões, na série seguinte faça 3. Desta forma, você vai adaptar o esforço à sua condição física real.

Nos artigos seguintes você encontrará alguns exercícios de força para praticar em casa:

<! –

->

Comentarios

comentarios