Meningococo ou Neisseria meningitidis é uma bactéria que causa a doença meningocócica. Esta doença se apresenta como meningite e sepse meningocócica . A bactéria vive exclusivamente em seres humanos e é transmitida como uma doença respiratória. Afeta principalmente crianças, por isso é importante saber o que fazer se o meningococo aparecer na escola . A doença geralmente tem uma incidência mais alta no outono e na primavera. Deseja saber mais? Continue lendo!

Sintomas de meningite

A incidência de meningite na Europa está diminuindo, mas 58% dos casos ocorreram na Espanha. A melhor maneira de controlar a doença é a vacinação. O esquema de vacinas espanholas gratuitas inclui três tipos de vacina obrigatória para todas as comunidades autônomas.

O reconhecimento dos sintomas é essencial para agir rapidamente e evitar consequências, como infecção individual ou disseminação maciça da doença. . Não é tão simples, pois eles são facilmente confundidos com a gripe no início, mas surgem outras mais específicas, como:

  • Dor nas pernas.
  • Mãos e pés frios.
  • Pele violeta pálida. [19659006] Respiração agitada.
  • Fotofobia.
  • Pescoço rígido.
  • Petéquias, que são manchas vermelhas a roxas em todo o corpo.

A meningite é uma inflamação das membranas das meninges revestimento fibroso do cérebro. Na Espanha, a maioria dos casos são meningites de origem viral. É benigno, suas conseqüências são leves e desaparece sem tratamento em 8 a 10 dias. A forma bacteriana é grave, com alta taxa de mortalidade e sequelas graves.

O que fazer se o meningococo aparecer na escola

A propagação da meningite nas crianças é Produz quase exclusivamente na escola. No caso dos casos, toda a comunidade escolar deve saber como agir. A escola tem a obrigação de relatar o caso às autoridades de saúde e eles serão responsáveis ​​por informar os pais.

Se o caso for meningite, é viral, não é necessário tomar medidas especiais mas apenas estar atento para a produção de novos casos. As aulas não são suspensas.

Se for meningite bacteriana, crianças não vacinadas devem ser vacinadas e uma "quimioprofilaxia" deve ser realizada. Esse tratamento consiste em administrar antibióticos a todas as pessoas que tiveram contato por oito horas ou mais por dia com a criança, na semana anterior ao início dos sintomas e até 24 horas após o início dos sintomas.

Sim o caso ocorreu em um berçário ou centro de educação infantil todas as crianças e o pessoal da sala de aula devem receber o antibiótico.

Nossas recomendações

O mais importante é manter o calma . O nome da doença evoca epidemias e sérias conseqüências, no entanto, atualmente não é assim.

As autoridades da escola sabem como agir, mas não faz mal que você também seja informado sobre o que fazer se o meningococo aparecer no Colégio. Participe da campanha contra a meningite e "feche o círculo"!

Comentarios

comentarios