Actualizado 18/09/2018 18:54:49 CET

ZARAGOZA, 18 Set. (EUROPA PRESS) –

Projectos de Bem-Estar 'la Caixa' apresentam a exposição no CaixaForum Zaragoza “Terra dos Sonhos”, de Cristina García Rodero, uma amostra de 68 fotografias organizadas com a colaboração da Fundação Vicente Ferrer, que reflete o cotidiano dos habitantes de Anantapur, no estado de Andhra Pradesh, uma das áreas mais pobres da região. Índia, onde vivem as comunidades mais marginais e vulneráveis ​​do país

Através das imagens da consagrada fotógrafa Cristina García Rodero queremos, por um lado, sensibilizar o público sobre a vida dos habitantes de Anantapur e difundir as acções de cooperação internacional levadas a cabo pela Fundação Vicente Ferrer com a colaboração da Obra Social 'la Caixa'

Por outro lado, esta exposição faz parte da programação cultural das exposições de fotografia da Obr. um Social 'la Caixa', que visa mostrar a influência das imagens na sensibilidade contemporânea e destacar o papel dos grandes criadores visuais do século XX na maneira de ver o mundo.

Durante um mês e meio, Cristina García Rodero visitou hospitais, centros de acolhida de mulheres vítimas de abuso, oficinas, escolas e residências, realizando retratos que dão voz àquelas pessoas que muitas vezes são esquecidas: crianças, pessoas com deficiência e, principalmente, mulheres. Mães, camponeses, costureiras, noivas de diferentes confissões, professores, enfermeiros e estudantes têm um papel proeminente neste projeto, que representa um dos principais motores da transformação das comunidades de Anantapur.

O escritor galego, Manuel Rivas, Ele aponta no catálogo da exposição: "Vemos esses olhares e essas mãos, são sonhos que sonham, sim, mas o que é mais importante: eles exercem o direito de sonhar." O ativismo das mulheres, organizado em assembléias, é o principal energético. Uma alternativa que está transformando a Anantapur. "

" Essa rede de solidariedade tornou possíveis centros de proteção para mulheres agredidas, cooperativas de auto-suficiência, assistência de saúde em todos os lares, abastecimento de água em cada aldeia, milhares de casas decentes. Índia, não mais a terra esquecida, mas uma referência, um depósito de esperança ", diz Rivas.

Depois de ter passado pelos centros CaixaForum de Barcelona , Madri, Girona e Palma, "Terra dos Sonhos" chega a Saragoça. García Rodero mostra sem complexo a Índia mais desconhecida, um mapa social onde as sombras recuperam a vida. Cenário onde o passado se confunde com o presente, o natural com o sobrenatural e o fantástico

Obstinada e excessiva, Cristina García Rodero soube mergulhar nesse mundo, fundindo-se na alegria e no sofrimento de quem esconde com cor e beleza o chiaroscuro da sua própria existência

O AUTOR

Cristina García Rodero é uma figura de destaque na fotografia universal, tanto pela sua personalidade como pelo impacto nacional e internacional do seu trabalho. Nascida em Puertollano (Ciudad Real) em 1949, formou-se em Belas Artes pela Universidade Complutense de Madri. Primeira espanhola a ingressar na prestigiosa agência de fotojornalismo Magnum, entre suas obras destaca 'Hidden Spain', que faz parte da coleção da Obra Social 'la Caixa'.

Recebeu inúmeros prêmios, incluindo World Press Photo 1993 , Prémio Nacional de Fotografia 1996, FotoPres 'la Caixa' 1997, PhotoEspaña 2000, Prémio Godó de Fotojornalismo 2000, medalhas de ouro de Mérito nas Belas Artes 2005 e Castilla-La Mancha 2016 e, recentemente, o prémio PhotoEspaña 2017. Ela é a primeira fotógrafa espanhola a ter um museu próprio, em sua cidade natal, que abriu suas portas na semana passada.

Comentarios

comentarios