A quantidade diária recomendada de proteína é 0,8 g por quilograma de peso corporal. Em uma pessoa de peso médio, isso significa entre 40 e 60 g de proteína. No entanto, existem especialistas que aconselham um maior consumo em certos casos (dietas para perda de peso ou perda de peso, por exemplo), atingindo 1 ou 1,2 g de proteína por quilograma de peso.

Para obter essas quantidades de proteína em Uma dieta completamente vegetal deve incluir leguminosas, cereais e nozes suficientes na dieta, embora algumas vezes certos alimentos que consideramos ricos em proteínas não sejam absorvidos da maneira ideal.

O lugar da proteína em pó na dieta vegetal

Em resumo, devemos levar em consideração a proporção entre aminoácidos, a quantidade de proteína total, a biodisponibilidade e a absorção disso (certos fatores podem impedir uma absorção correta da proteína, como antinutrientes e fibras, e

Alguns alimentos vegetais, como soja ou grão de bico, fornecem uma proteína completa mas, na realidade, combinam-se ao longo do tempo. No dia, legumes, cereais, nozes e sementes o corpo obterá os aminoácidos necessários.

No entanto, um certo setor da população pode achar difícil atingir as quantidades diárias recomendadas mesmo que use uma variedade de alimentos.

Artigo relacionado

 proteína vegetal

Por que as proteínas vegetais são melhores para sua saúde


Nesses casos, o consumo de proteína vegetal em pó pode ser uma boa opção pois possui maior disponibilidade, é fácil de transportar e é um meio prático de adquirir a quantidade de aminoácidos de que precisamos. [19659012] Como deve ser uma boa fonte de proteína vegetal em pó?
Devemos examinar o aminograma, a quantidade de excipientes e os alimentos dos quais foi extraído. Ele deve conter todos os aminoácidos essenciais em uma quantidade adequada e, na melhor das hipóteses, deve ser uma combinação de duas ou mais fontes para garantir uma contribuição correta deles.

  • Que formas de proteína estão no mercado? [19659013] As preparações mais utilizadas oferecem proteínas isoladas de soja, ervilha, arroz integral e cânhamo. Existem também preparações que oferecem misturas às quais adicionam adoçantes, fibras prebióticas e outras substâncias. E existem fontes como abóbora, tremoço azul e girassol, que estão prejudicando o mercado.
  • Como posso obter todos os aminoácidos?
    A melhor fonte de proteína vegetal é combinar diferentes fontes para garantir uma dose mais alta de aminoácidos diferentes e melhor biodisponibilidade. Embora se tivermos uma dieta adequada ao longo do dia, já tenhamos uma boa contribuição de aminoácidos.
  • Quais ingredientes devemos evitar?
    Adoçantes como açúcar (às vezes ocultos sob nomes como xarope, frutose, sacarina, maltodextrina … ), lecitina de soja e outros aditivos, como a goma xantana, que podem ter um efeito laxante e irritar. Escolha produtos orgânicos para evitar ingredientes transgênicos.
  • Quando é indicado o seu consumo?
    É em pessoas que praticam esportes de alto nível e desejam aumentar a massa muscular, o desempenho ou perder gordura. Certos aminoácidos são indicados em tratamentos de patologias como diabetes, problemas cardiovasculares, ansiedade ou depressão. Também é indicado para pessoas que, por um motivo ou outro (restrições alimentares, etc.), acham difícil atingir a dose diária recomendada de proteína. Ou para pessoas que veem suas necessidades aumentadas como idosos.
  • Qual proteína vegetal é melhor para atletas?
    No ganho muscular, existem três aminoácidos importantes: isoleucina, valina e, acima de tudo, leucina, pois ativa mTOR (proteína de célula de mamífero). No suplemento, devemos observar a quantidade de leucina (devemos tomar cerca de 2 g por dia).
  • Quem não deve consumi-la?
    Intolerante ao alimento usado para obter a proteína; pessoas que percebem efeitos colaterais ao consumi-los (inflamação, acne …), com problemas de tireóide (a proteína de soja é desencorajada) ou com insuficiência renal crônica (o consumo de proteínas deve ser mínimo).
  • Como e quando deve consumir?
    Em qualquer entrada do dia. No entanto, em atletas, a janela anabólica é aberta até 3 horas após o treino, e seu consumo é recomendado nesse período de tempo. Pode ser consumido adicionado em shakes, mingau, sucos, molhos, sopas, cremes, caril, panquecas …
  • Existe uma dose máxima recomendada?
    Com boa saúde, muita proteína é excretada através de do trato urinário, é usado como fonte de energia ou armazenado como gordura. Embora o excesso possa ser problemático em indivíduos com dificuldades específicas no fígado ou nos rins, entre outros.
  • A proteína em pó é assimilada da mesma maneira?
    Com a proteína em pó, sabemos a dose que estamos recebendo com o suficiente precisão No entanto, ao consumir alimentos integrais, devemos ingerir uma quantidade maior de proteína para neutralizar aquilo que não assimilaremos devido ao efeito de antinutrientes.
  • <! –

    ->

    Comentarios

    comentarios