O aparecimento de estrias na pele é uma consequência do alongamento do tecido. Ter estrias na gravidez é muito comum exatamente por esse motivo. No entanto, também acontece com os jovens que crescem muito rápido; ou pessoas que ganham peso facilmente ou ganham músculos rapidamente, tanto homens quanto mulheres.

Causas das estrias na gravidez

A seguir, você saberá quais são as causas das estrias na gravidez como evitá-las e os tratamentos para as remover, fazendo com que a pele volte ao seu estado original

Nem todas as mulheres terão estrias devido à gravidez. Por outro lado, assim como alguns terão mais facilidade em fazer a pele voltar ao normal, outros não. Veja por quê.

1. Endurecimento da pele

A gravidez faz com que a pele estique com o crescimento da barriga, produzindo estrias. Isso não acontece apenas no estômago. Na verdade, algumas mulheres aumentam as medidas mais do que outras, fazendo com que apareçam também nos seios e na região lombar lateral.

2. Genética favorável

O fator genético também contribui para que uma mulher tenha mais ou menos estrias. Isso depende do alongamento da pele, enquanto algumas mulheres têm uma derme mais flexível e elástica, que precisa se esticar muito para produzir estrias, outras esticam apenas um pouco, e as marcas irritantes aparecem.

3. Idade avançada

Em teoria, quanto mais velha a mulher, menos elástica e hidratada é a sua pele. Esse fator varia muito de acordo com o estilo de vida e saúde; mas deve ser considerado de qualquer maneira.

4. Hidratação e elasticidade

Mulheres mais velhas podem ter ainda menos estrias. Isso acontece se, ao longo da vida, você manteve o hábito de beber muita água; mantém a pele bem protegida e hidratada; e foi alimentado para estimular a produção de colágeno.

5. Tempo de gestação

O mais comum é que as estrias comecem a aparecer a partir da 25ª semana, isso ocorre justamente porque nesta fase o bebê cresce mais e a pele da barriga aumenta consideravelmente.

Como evitar estrias durante a gravidez

Para o alívio das mães, existem maneiras de evitar estrias. Não são soluções garantidas porque, como você leu acima, há mulheres com tendência a ter mais estrias do que outras. No entanto, vale a pena seguir este conselho.

1. Use hidratantes com antecedência

Acima foi mencionado que as estrias geralmente aparecem a partir da 25ª semana de gestação. Portanto, é possível perceber que as estrias vão surgindo, conforme a pele começa a mudar. Se você notar essa modificação, comece o contra-ataque e aplique hidratantes na área afetada.

2. Beba muitos líquidos

A prevenção com cremes, bem como com óleo para a pele de mulheres grávidas, é vital. Como hidratação. Recomendamos beber, principalmente, água pura; mas você também pode beber chá natural. Claro, não se esqueça de ir ao ginecologista ou nutricionista.

3. Mantenha uma alimentação saudável

Assim como é essencial beber bastante água, a gestante deve se alimentar muito bem. No entanto, não se esqueça de discutir sua dieta com um nutricionista. Uma boa dieta beneficia a gravidez em todos os aspectos, até mesmo para evitar estrias.

4. Pratique atividade física

Exceto em casos especiais, todos os médicos recomendam exercícios físicos durante a gravidez. Isso ajuda a manter o bem-estar; boa função intestinal, evita a retenção de líquidos e mantém o corpo mais flexível. Portanto, os exercícios ajudam a prevenir as estrias.

Como remover as estrias da gravidez

Caso você não tenha conseguido escapar do aparecimento das estrias, acalme-se, você ainda tem opções. A estria tem fases: começa rosa, depois avermelhada e muda para branco. Se o seu ainda não está quebrado, ou branco, aja imediatamente; essas fases são as mais difíceis de tratar.

A boa notícia é que as estrias causadas pela gravidez são mais fáceis de tratar, por serem recentes. Claro, não se esqueça de procurar tratamento o mais rápido possível. Quanto mais recente a estria, maiores as chances de regeneração da pele.

As formas de tratamento variam, o ideal é procurar um dermatologista ou esteticista, que indicará o plano adequado de acordo com o seu caso. Em geral, são realizadas sessões de esfoliação, e muita hidratação, com produtos específicos. Peeling, tratamentos a laser ou dermoabrasão também podem ser realizados.

Em casa, é importante aplicar constantemente óleo de amêndoa, ou hidratante, para evitar que a pele resseque. É melhor fazer esta aplicação após o banho, quando a pele estiver quente.

Comentarios

comentarios