Existem vários óleos essenciais interessantes para usar antes e durante o parto. Alguns ajudam a ficar mais relaxados e calmos, outros favorecem as contrações e aliviam a dor.

Os óleos essenciais atuam nos receptores olfativos do nariz, que transmitem o sinal do sistema nervoso ao sistema límbico, que controla as emoções. e interage com o sistema hormonal.

Os óleos utilizados na aromaterapia são extraídos das plantas, podem ser inalados direta ou indiretamente, aplicados à pele, graças à massagem. Em geral, se aplicados corretamente, são seguros, mas no caso de embaixadas, é conveniente usar apenas determinados óleos.

Antes de usar um óleo, verifique se ele está entre os recomendados, ou melhor. contudo, consulte um profissional.

Artigo relacionado

 Entrevista Ibone Olza

"O parto é uma jornada psíquica muito vulnerável"


Mistura de óleos essenciais para estimular o útero e aliviar a dor

Para facilitar o parto, proponho uma mistura composta por óleo essencial de cravo, canela de Ceilão, palmarosa e flor de laranjeira.

cravo-da-índia essencial e palmiste são uterotônicos, a canela de Ceilão é um ótimo aliado para a dor e a flor de laranjeira conforta, acalma e ajuda a relaxar.

Preparação: [19659013] 15 gotas de óleo essencial de cravo-da-índia ( Eugenia caryophyllat a)

  • 30 gotas de óleo essencial de palmiste ( Cymbopogon martinii var. Motia )
  • 15 gotas de Óleo essencial de casca de canela do Ceilão ( Cinnamomum verum )
  • 15 gotas de óleo essencial de flor de laranjeira ( Carro Citrus aurantiun. Carro de Citrus aurantiun. Flor de Amara )
  • 20 ml de óleo vegetal jojoba ( Simmondsia chinensis )
  • Aplicação:

    • D Três ou três dias antes da data prevista de parto, aplique cerca de 8 gotas na região lombar três vezes ao dia.
    • Quando as contrações do parto chegarem, aplique 8 gotas a cada meia hora.

    <! –

    ->

    Comentarios

    comentarios