MADRID, 3 de julho (EUROPA PRESS) –

O coronavírus permanece na pele de crianças com ferimentos nos dedos causados ​​pelo Covid-19, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores do Hospital Infantil Universitário Niño Jesus de Madrid e publicado no 'British Journal of Dermatology'.

Especificamente, as análises detectaram o vírus nas células endoteliais dos vasos sanguíneos da pele e nas glândulas sudoríparas. A microscopia eletrônica em uma biópsia também encontrou evidências de partículas virais nas células endoteliais.

"Nossas descobertas apóiam uma relação causal do novo coronavírus com os dedos da covarde. O dano endotelial induzido pelo vírus pode ser o mecanismo Além disso, o dano vascular também pode explicar algumas características clínicas observadas em pacientes com Covid-19 grave ", disseram os pesquisadores.

Comentarios

comentarios