A liberdade é o poder e o direito de agir, pensar ou falar do jeito que você quiser, sem restrições ou impedimentos. É um dos principais valores das sociedades desenvolvidas e um dos direitos humanos fundamentais. No entanto, é também uma questão complexa que gera muito debate.

Existem muitos tipos diferentes de liberdade, cada um deles sendo fundamental para o pleno desenvolvimento de qualquer pessoa. Mesmo assim, a maioria dos indivíduos não conhece realmente os diferentes aspectos que esse conceito inclui, de modo que em muitas ocasiões são gerados problemas em torno dele

A liberdade é essencial para se ter uma vida decente e buscar a felicidade, que são dois dos direitos incluídos na Constituição dos países mais desenvolvidos. Em geral, a liberdade tem a ver com o desempenho do governo de cada país, e com a interação de cada indivíduo com o ambiente que o rodeia.

Neste artigo vamos ver quais são os tipos mais importantes de liberdade, bem como suas características mais relevantes e a maneira como elas afetam nossa vida diária.

Os diferentes tipos de liberdade e suas características

1- Liberdade de opinião

Fonte: pixabay.com

Um dos tipos A maioria das liberdades básicas são aquelas que envolvem a possibilidade de ter pensamentos diferentes do resto sem sofrer consequências negativas. A liberdade de opinião reconhece o direito de ter posições ideológicas diferentes das de outras pessoas sem sofrer repressão.

A liberdade de opinião é geralmente pouco compreendida. O fato de termos o nosso próprio ponto de vista não implica que os outros não possam nos criticar por isso; E isso não significa que o resto tenha que concordar conosco

. Na realidade, ter liberdade de opinião significa simplesmente que você não pode reprimir em um nível legal ou através da coerção a expressão de idéias não de acordo com aquelas de uma maioria predominante. ou um grupo que está no poder. Mesmo assim, podemos sofrer conseqüências negativas quando manifestamos uma opinião impopular.

Por outro lado, ao expressar nossa opinião a partir desse direito, é necessário lembrar que devemos ter cuidado com os outros tipos de liberdade do restante dos indivíduos.

Assim, se expressamos nossas idéias de forma violenta ou atacamos outra pessoa, podemos estar violando alguns de seus direitos fundamentais.

2- Liberdade de expressão

As redes sociais são uma maneira atual de expressar idéias e crenças

A liberdade de expressão é muitas vezes confundida com a opinião, uma vez que ambas têm uma série de elementos em comum que dificultam a sua distinção. No entanto, estes são conceitos diferentes e é necessário estudá-los separadamente

A liberdade de expressão implica a possibilidade de não apenas ter uma opinião diferente da opinião "oficial" ou da maioria, mas também expressá-la palavras ou atos sem ter que sofrer conseqüências negativas institucionalizadas por causa disso.

Assim, poderíamos dizer que a liberdade de expressão implica dar um passo além do da opinião. Na maioria dos estados democráticos, é garantido com elementos como a possibilidade de publicar obras (como livros ou filmes) defendendo qualquer tipo de ideia, ou manifestando publicamente os pensamentos, como na televisão ou nas redes sociais

. Tal como acontece com a liberdade de opinião, a expressão é limitada pelo resto das liberdades e direitos do resto do povo. Desta forma, em alguns Estados, a expressão de idéias que fomentam o ódio, ou que promovem atos violentos como o terrorismo, é punível por lei.

3- Liberdade de escolha

Outro dos tipos mais importantes de liberdade é o o que implica a capacidade de escolher, a qualquer momento, o que você quer fazer e o modo como deseja agir. Ao mesmo tempo, também está relacionado com a capacidade de decidir sobre qualquer aspecto que afete a vida privada ou pública do indivíduo.

No entanto, tal como acontece com a liberdade de opinião ou expressão, ter a capacidade de escolher a qualquer momento o que você quer fazer não implica que não haja consequências negativas ao tomar uma decisão concreta. Em muitas ocasiões, a escolha implica aceitar problemas que surgem da própria escolha

Embora a liberdade de escolha possa ser muito limitada, por exemplo, em estados totalitários, alguns estudiosos acham que é realmente impossível eliminá-la completamente

. os especialistas nesse assunto acreditam que em qualquer situação sempre temos a possibilidade de escolher o modo como queremos atuar.

Por isso, a falta desse tipo de liberdade implicaria, de fato, a redução das opções disponíveis, assim como o agravamento dos resultados que podem ser obtidos com cada um deles

4- Liberdade de manifestação

A liberdade de manifestação implica a possibilidade de protestar contra qualquer ato, situação ou decisão que seja considerada prejudicial ou negativa. Ocorre quando uma pessoa pode expressar publicamente seu descontentamento com qualquer elemento, mesmo que venha das mais altas esferas.

Uma das formas de expressar a liberdade de expressão é por meio de greves. Neles, os trabalhadores protestam contra o que consideram uma situação de trabalho injusta ou precária, com a intenção de informar ao empregador que eles não concordam com o modo como as coisas estão sendo tratadas.

No entanto, às vezes eles são maltratados. liberdade de expressão, no sentido de que aqueles que protestam interferem nos direitos de outras pessoas. Isso acontece, por exemplo, em piquetes de informação, durante os quais aqueles que desejam fazê-lo não têm permissão para ir aos seus trabalhos ou estudos.

A liberdade de expressão, infelizmente, é limitada até hoje. em muitos países do mundo, e não apenas naqueles que são considerados antidemocráticos.

5- Amigos da liberdade de associação

exemplos de grupos sociais

Outro dos tipos mais importantes de liberdade é aquele coletado pelo direito de qualquer indivíduo de formar grupos com pessoas com as quais ele compartilha certas características ou ideologias. Isto tem dois aspectos: por um lado, aquele que implica a criação de grupos com objetivos legais; e, por outro lado, de grupos não regulamentados.

Em relação a grupos com objetivos legais, podemos encontrar instituições, partidos políticos, associações ou organizações que têm planos de influenciar a vida pública de alguma forma.

Neste aspecto poderíamos também mencionar grupos religiosos, embora eles também estejam relacionados à liberdade de culto que veremos mais adiante.

Por outro lado, grupos sem objetivos legais podem incluir grupos de pessoas como reuniões, grupos on-line como as que podem ser encontradas em fóruns ou redes sociais e, em geral, todas aquelas que reúnem pessoas com ideias e crenças semelhantes, mas que não têm intenção de gerar um impacto cultural ou social.

a possibilidade de criar grupos relacionados a qualquer assunto, a liberdade de associação também contempla o direito de deixar de fazer parte de um grupo no momento em que se deseja fazê-lo.

Assim, de acordo com esta liberdade fundamental, ninguém pode ser forçado a permanecer dentro de um grupo se não quiser estar nele.

Novamente, nem todos os países do mundo reconhecem plenamente a liberdade de associação, e Há algum debate em torno desta ideia. A criação de grupos de ódio ou a incitação à violência deve ser permitida? Cada Estado tem que tomar uma decisão a esse respeito e estabelecer os limites que julgar apropriados

6- Liberdade de movimento

A liberdade de movimento é possivelmente um dos tipos mais controversos nesta lista. É o direito de qualquer pessoa se mover livremente por todo o território, incluindo a mudança do país, sem levar em conta seu local de origem e sem discriminar com base em diferenças de gênero, religião, raça ou orientação sexual.

dos países, entende-se que a liberdade de circulação só é garantida desde que um estrangeiro cumpra uma série de exigências ou regras estabelecidas para evitar problemas como a imigração ilegal. No entanto, as condições específicas estabelecidas em cada território variam enormemente.

Assim, enquanto em alguns lugares como a União Europeia qualquer membro pode mudar de país sem restrições e quase sem dificuldades, em outras partes do mundo é necessário cumprir com um longa lista de requisitos para atravessar as fronteiras

Como se isso não bastasse, geralmente as condições necessárias para entrar em um país dependem de aspectos como o local de origem da pessoa, sendo as condições para obter um visto muito diferente dependendo da nacionalidade do indivíduo.

7- Liberdade de culto

A Bíblia, livro sagrado do cristianismo

A liberdade de culto tem sido de grande significado histórico. Implica a possibilidade de escolher a religião que se quer professar ou mesmo a ausência de uma, sem que isso implique consequências negativas ou discriminação por parte dos organismos oficiais.

Ao longo da história, a liberdade de culto tem sido praticamente inexistente. na maioria dos territórios do planeta. Em geral, cada país tem uma religião majoritária, que foi imposta a todos os cidadãos do mundo, independentemente de sua opinião, seus desejos ou suas crenças verdadeiras.

Aquelas pessoas que foram observadas adorando outras religiões do que as O policial oficial geralmente sofria consequências muito severas, que podiam variar do simples ostracismo à pena de morte. Esta situação só foi superada em alguns territórios nos últimos séculos, sendo a liberdade de religião muito recente.

Atualmente, a maioria dos países ocidentais contempla a liberdade de culto e garante este direito aos seus cidadãos, assim como muitos outros. oriental No entanto, em alguns territórios essa liberdade ainda não é garantida, especialmente naqueles em que certas religiões violentas são predominantes.

8- Liberdade educacional

Outro dos tipos mais importantes de liberdade é aquele que garante o direito à liberdade. escolha a sua própria educação ou a dos filhos. Implica a possibilidade de escolher que tipo de ideias e assuntos queremos aprender, ou quais queremos que os menores a quem eles são responsáveis ​​sejam expostos.

Para que haja uma verdadeira liberdade educacional, é necessário que seja estabelecido um sistema que permita a coexistência de diferentes métodos e opções de ensino.

Em Espanha, por exemplo, é dado parcialmente, para poder escolher os pais entre as escolas públicas, privadas e privadas, mas que seguem o mesmo currículo.

9- Liberdade acadêmica

Muitas vezes confundido com o liberdade educacional, liberdade acadêmica não tem nada a ver com a educação recebida. Pelo contrário, relaciona-se com a possibilidade de realizar pesquisas sobre qualquer assunto que se desejar, mesmo que seja algo controverso ou que contrarie os interesses do poder dominante.

Assim, nas democracias e países que garantem os direitos de seus cidadãos, qualquer um pode decidir realizar uma investigação que pretende demonstrar idéias contrárias àquelas mantidas pelo governo. Em uma ditadura, por outro lado, isso não só não seria permitido, mas muitas vezes é punível por lei.

Por outro lado, a liberdade acadêmica também implica a possibilidade de compartilhar os conhecimentos adquiridos durante uma investigação desse tipo com outras pessoas, sem qualquer tipo de censura ou conseqüência negativa por parte das instituições oficiais.

10- Liberdade Positiva

Trata-se da liberdade de poder fazer algo. Por exemplo, viajar, jogar um esporte ou assistir a um filme. Cada pessoa tem, até certo ponto, uma vez que nem todos podem fazer tudo.

11- Liberdade negativa

É a liberdade da interferência de outras pessoas. Por exemplo, um pai demasiado autoritário ou superprotetor é uma ameaça à liberdade negativa de um adolescente.

12- Liberdade de manipulação

É a liberdade de não ser ameaçado, manipulado ou chantageado por outra pessoa. Se uma pessoa decide por outra, ele está ameaçando sua liberdade de manipulação.

13- Equanimidade

É uma liberdade que implica um equilíbrio psicológico; liberdade do medo, dúvida ou inquietação

Conclusão

A liberdade é um dos aspectos mais importantes da vida de alguém; e como você pode ver, é também um dos mais complexos. Muitas vezes, esse valor se depara com outros igualmente importantes, como a segurança.

Por causa disso, os líderes de cada país precisam tomar decisões sobre o grau de liberdade que permitem aos cidadãos. Em estados democráticos, a intenção é maximizar a liberdade de todos os habitantes, garantindo o bem-estar de qualquer indivíduo, prevenindo a discriminação ou a agressão.

Hoje, o debate sobre a liberdade é mais importante nunca, porque os cidadãos podem expressar-se totalmente pela primeira vez na história graças ao surgimento de ferramentas como a Internet ou as redes sociais. No entanto, a luta pela liberdade ainda não foi vencida e requer um grande esforço da parte de todos.

Referências

  1. "Conheça os 11 tipos de liberdade" em: Recursos de auto-ajuda. Recuperado em: 11 de fevereiro de 2019 Recursos de auto-ajuda: recursosdeautoayuda.com
  2. "Tipos de liberdade" em: Exemplos. Obtido em: 11 de Fevereiro de 2019 em Exemplos: ejemplos.co.
  3. "Que tipos de liberdade existem?" Em: Respuestas.tips. Obtido em: 11 de Fevereiro de 2019 de Respuestas.tips: respuestas.tips
  4. "Types of freedom" em: Classification De. Retirado em: 11 de Fevereiro de 2019 de Classification De: clasificacionde.org.
  5. "Libertad" em: Wikipédia. Recuperado em: 11 de fevereiro de 2019 da Wikipedia: en.wikipedia.org
  6. Peter Levine (2013). Seis tipos de liberdade. Retirado de peterlevine.ws.

Comentarios

comentarios