A sensibilidade dentária, também chamada de hipersensibilidade, é uma sensação de dor que ocorre nos dentes a estímulos como frio, calor etc.

Embora muitos casos ocorram após a ingestão de certos alimentos, às vezes é o resultado de um problema nas gengivas ou no desgaste do esmalte dos dentes. Você conhece suas causas e tratamentos? Aqui nós detalhamos isso.

O que é sensibilidade dentária?

A sensibilidade dentária é uma sensação dolorosa nos dentes que geralmente aparece após a exposição a estímulos como frio ou calor. [19659006] É uma sensação dolorosa que ocorre antes de diferentes estímulos devido à exposição à dentina, cárie dentária, ruptura de cúspide, recessão gengival ou bruxismo.

Todas essas patologias têm em comum que ocorre uma perda de esmalte , cimento ou goma, que são materiais dentários protetores contra os vários agressores.

Ao perder esses tecidos, os túbulos dentinários são expostos na cavidade oral e são capazes de conduzi-los. estímulos para a polpa, que é a parte onde são encontradas a vascularização e as terminações nervosas do dente.

Se a dor não está associada apenas a estímulos como frio e o calor, aparecendo espontaneamente, o diagnóstico pode não ser sensibilidade dentária, mas há outra patologia como a pulpite.

Portanto, a visita ao profissional de saúde é importante para rastrear outro tipo de patologias que podem coexistir com hipersensibilidade.

Estudos avaliaram que entre 9 e 30% dos adultos têm sensibilidade dentária. Geralmente aparece entre os 18 e os 40 anos de idade.

Descubra: 7 consequências para a sua saúde de uma falta de higiene dental

Fatores que produzem sensibilidade dentária

  • Restaurações defeituosas.
  • Cárie.
  • Doença periodontal.
  • Bruxismo.
  • Perda de goma.
  • Erosões por escovação.
  • Exposição ou ingestão de alimentos ácidos.
  • Erosão por medicamentos, como aspirina.
  • Hábitos como fumar em
  • Os tratamentos para clareamento dos dentes não foram realizados corretamente.
  • Doenças como bulimia devido ao desgaste do esmalte causado pelos ácidos gástricos.

Como podemos controlar a sensibilidade dentária?

 Mulher no dentista [19659005] Ir a uma consulta profissional é decisivo para o gerenciamento adequado da sensibilidade. </figcaption/>
</figure>
<p> <strong> O primeiro passo é identificar a causa da sensibilidade dentária. </strong> O tratamento dependerá de cada causa: </p>
<ul>
<li><strong> Restauração defeituosa: </strong> teremos que substituir a restauração. </li>
<li> <strong> Se o motivo for cárie: </strong> será controlado pela limpeza e reconstrução do dente. </li>
<li> <strong> Doença periodontal: </strong> a doença deve ser tratada, apenas gengivite ou periodontite com limpeza profissional, raspagem e alisamento radicular ou o tratamento que cada paciente precisa. </li>
<li> <strong> Bruxismo: </strong> O controle do bruxismo é realizado através do uso de talas de descarga. </li>
<li> <strong> Escovação abrupta: </strong> É importante educar o paciente em técnicas de higiene adequadas, evitando escovação áspera e escovação dura. </li>
<li> <strong> Alimentos ácidos: </strong> o uso excessivo de alimentos ácidos no dente causa desgaste do esmalte, a correção da dieta nesses casos pode eliminar o problema. </li>
<li> <strong> Clareamento d Odontologia incorreta: </strong> Os tratamentos de clareamento dental sempre devem ser realizados sob a supervisão de um profissional para evitar efeitos colaterais negativos na cavidade oral. </li>
</ul>
<blockquote>
<p> Não perca: Anestesia e analgesia dentária em odontologia </p>
<!-- Quick Adsense WordPress Plugin: http://quickadsense.com/ -->
<div class=