El A romã vinagre contém antioxidantes que contribuem para uma boa saúde. Como preparar em casa? Aqui nós detalhamos.

Última atualização: 20 de setembro de 2021

A romã é uma fruta obtida da romã. Possui no seu interior vários lóbulos com sementes recheadas com uma polpa vermelha e suculenta, que costuma ser utilizada na produção de produtos como vinhos, compotas, condimentos e até cosméticos. Nesta ocasião, falaremos sobre vinagre de romã.

O vinagre é um líquido ácido obtido da fermentação do vinho ou de qualquer álcool. Nesse processo, o álcool é oxidado, uma vez que bactérias do gênero Acetobacter e leveduras aeróbicas atuam, transformando o vinho em ácido acético.

Para ser mais preciso, é uma solução diluída à qual sais e extratos adicionais são adicionados, o que lhe confere uma qualidade diferente das demais. Existem vinagres de diferentes frutas ou cereais, como maçã ou arroz. Em qualquer caso, o açúcar é a base de toda a produção. Como fazer vinagre de maçã? Quais são seus benefícios? Continue lendo!

Preparação do vinagre de romã

Todo vinagre passa por dois procedimentos bioquímicos diferentes, ambos resultantes da ação de diferentes microorganismos. A primeira é a fermentação alcoólica, que transforma o açúcar em álcool e gás carbônico. A segunda é a ação das acetobactérias de combinar oxigênio com álcool.

No caso específico de fazer vinagre de romã, é necessário o seguinte:

  • 3 romãs grandes.
  • 4 colheres de sopa de açúcar muscovado (60 g ).
  • Água.
  • Liquidificador.
  • Um recipiente largo.
  • Pano fino.
O vinagre de romã contém antioxidantes e compostos fenólicos que são benéficos à saúde.

Instruções

  • Para preparar deve-se descascar a fruta, para que se retire a membrana de dentro.
  • Em seguida, coloque as sementes com a polpa suculenta no liquidificador e processe.
  • Transfira para um vasilhame largo, acrescente um litro de água e doure açúcar.
  • Cubra com um pano fino para evitar a entrada de sujeira ou insetos. Deixe em local escuro à temperatura ambiente.

A fermentação é um processo espontâneo. Ocorre quando os microrganismos se alimentam de compostos orgânicos e os transformam em compostos simples. Demora entre seis e oito semanas, dependendo do clima em que está definido. O álcool é produzido primeiro e depois a fermentação acética. Ou seja, o vinagre se formará.

Com o tempo, o nível de acidez e o odor devem ser verificados. Em seguida, é coado no pano que o cobriu e embalado em frascos limpos com tampas. Você tem que deixá-lo descansar por algumas semanas, fechado. Por sua vez, é importante não cobrir o recipiente.



Benefícios do vinagre de romã

Uma avaliação comparativa divulgada no Jornal da Ciência de Alimentos e Agricultura determinou que o vinagre de romã "É tem uma atividade antioxidante e um conteúdo fenólico semelhante ao dos vinagres de vinho tinto e superior à maioria dos vinagres de vinho branco estudados. "

Portanto, sua inclusão na dieta regular contribui para uma boa saúde. Especificamente, reduz a ação negativa dos radicais livres e, aliás, o risco de doenças. Vamos examinar mais de perto seus benefícios mais notáveis.

1. Ajuda a combater a gordura corporal

Em um estudo com animais relatado em Lipids in Health and Disease descobriu-se que a administração de vinagre de romã diminui a porcentagem de gordura corporal, peso e oxidação dos ácidos gordurosos do fígado. [19659010] A pesquisa foi realizada em ratos, que foram divididos em 5 grupos. Eles receberam vinagre de romã por 16 semanas. Tudo indica que as mudanças ocorreram graças ao fato de a dieta estimular a enzima AMPK, que em espanhol se refere à proteína quinase ativada. Este é o encarregado de regular o metabolismo e a redução dos lipídios.



2. Melhora a saúde do fígado

Conforme observado no estudo de ratos, o vinagre ajuda a reduzir a gordura do fígado. Isso ocorre em parte porque o ácido acético causa a oxidação das gorduras no fígado, o que impede o fígado gorduroso. Esta doença ocorre quando a gordura se acumula no fígado. Pode ser alcoólico ou não alcoólico.

Quando alcoólico, o álcool danifica o fígado. Não alcoólico ocorre quando a gordura se acumula neste órgão. Sabe-se que aqueles que sofrem de sobrepeso, diabetes ou altos níveis de gordura têm maior probabilidade de sofrer.

Seu tratamento é variado, mas a dieta desempenha um papel importante. Assim, suplementos como vinagre de romã podem ajudar. No entanto, deve-se considerar que as evidências são limitadas e não devem ser o remédio de primeira escolha.

Acredita-se que o consumo de vinagre de romã beneficia a saúde do fígado. No entanto, as evidências são limitadas.

Como adicionar vinagre de romã à dieta?

Uma característica interessante desse alimento é sua versatilidade. É ideal para temperar saladas, pratos de carne, bebidas, sobremesas e vinagretes. Aqui está uma receita simples.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de vinagre de romã (15 ml).
  • 1 colher de sopa de mel (15 g).
  • Sal e pimenta a gosto.
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva (15 ml).
  • Sementes de romã.

Preparação

  • Incorpore todos os ingredientes em um recipiente e misture bem.
  • Você deve sempre testar a acidez, se for muito ácido adicione mais água ou óleo. Tudo depende de como você gosta do molho.

Apesar de suas propriedades, o vinagre de romã não é um remédio para combater doenças. É importante incluí-lo na estrutura de uma dieta saudável e balanceada para obter seus benefícios.

Você pode estar interessado em …

Comentarios

comentarios