A pandemia está afetando nossos olhos. No Reino Unido, uma pesquisa do College of Optometrists descobriu que 22% das pessoas acreditavam que sua visão havia piorado durante os bloqueios. A razão é que, na maioria das vezes, mantemos os olhos fixos em uma tela próxima, e isso também acontece quando não estamos confinados.

Ao olhar para as telas hora após hora os músculos oculares se adaptam para focar em um curta distância e em um ângulo reduzido. Além disso, no final dos 30 anos, naturalmente começamos a perder a capacidade de focalizar de perto.

A luz emitida por telefones celulares e monitores não é tanto um problema para nossos olhos quanto para a regularidade de nossos olhos. ritmos biológicos circadianos que regulam o repouso, a vigília ou o metabolismo. Muita luz artificial à tarde e à noite pode perturbá-los.

Para neutralizar o efeito das telas em nossos olhos, temos de aumentar o tempo que passamos ao ar livre e olhando para a distância. Este conselho é especialmente importante para crianças.

Artigo relacionado

 olhos

10 hábitos e alimentos para manter os olhos saudáveis


Como reduzir a fadiga ocular

Para reduzir a fadiga ocular, os oftalmologistas aconselham a posicionar o monitor a uma distância de 40-76 cm (comprimento do braço). A tela deve ser inclinada para cima em um ângulo de 10 a 20 e a borda superior deve estar no nível dos olhos.

O monitor também deve ser posicionado de forma que os reflexos sejam minimizados. Se estivermos olhando um documento ou um livro ao mesmo tempo, eles devem estar próximos da tela para que o olhar possa ir de um para o outro sem ter que voltar a focar a cada vez (isso cansa os olhos).

Porém, Devemos estar atentos que olhar para uma tela por horas, por mais bem posicionada, não é natural, não é para isso que nossos olhos foram "desenhados", que têm a capacidade de ver longas distâncias e em um ângulo de 180 graus. Para que os olhos descansem podemos tomar as seguintes medidas:

  1. Olhe para algo a pelo menos seis metros de distância por 20 segundos, a cada 20 minutos. O ideal é olhar pela janela e se possível para uma área verde, focar os olhos nas árvores. Olhar para as nuvens também é uma boa ideia
  2. Amplie o texto ou o que estamos olhando na tela. Por alguma estranha razão, podemos escrever ou ler com o tamanho da fonte da formiga, quando os computadores nos permitem aumentá-la o quanto quisermos.
  3. Ajuste o brilho: reduza até encontrar uma intensidade confortável que não emite muita luz, mas não force os olhos. Você também pode precisar ajustar um pouco o contraste. Também é recomendado reduzir a saturação da cor.
  4. Pisque com mais frequência. Fazemos menos quando olhamos para uma tela, o que pode causar secura desconfortável. Os oftalmologistas estão vendo que os casos de olho seco estão se multiplicando tanto pelo uso abusivo da tela quanto pelo uso de máscaras, que direcionam nossas exalações para os olhos e favorecem a evaporação do filme lacrimal. Para evitar o ressecamento também é importante cuidar da umidade do ambiente, que deve estar sempre acima de 40%. Os aquecedores tendem a secar muito o ar em espaços internos. É importante ventilá-los e usar umidificadores, se necessário.
  5. Feche os olhos. Faça sempre que tiver oportunidade: no banheiro, no ônibus, depois de comer, antes de iniciar suas tarefas … Mantendo-as fechadas, você pode movê-las por baixo das pálpebras, fazendo círculos ou "olhando" para cima, para baixo e para os lados.
  6. Massagem ao redor dos olhos uma ou duas vezes ao dia para reduzir a tensão que tende a se acumular nessa área.

Artigo relacionado

 cuidados-olhos

Cuide de seus olhos por dentro


Além desses hábitos, você pode:

  • Cuidar da alimentação. Coma alimentos ricos em beta-caroteno (pró-vitamina A) todos os dias, o que é essencial para olhos saudáveis. Pode ser encontrada em alimentos amarelos, laranja e verdes, como cenoura, batata doce, abóbora ou repolho.
  • Observe a iluminação. Ao trabalhar, ler ou outros esforços visuais de perto, certifique-se de ter luz suficiente para evitar cansaço visual. O ideal é que essa luz seja natural ou, se for artificial, de cor natural, mais azulada pela manhã e mais amarela à tarde, para não atrapalhar nossos ciclos biológicos.

<! –

– ->

Comentarios

comentarios